TAVI - Implante Percutâneo
de Válvula Aórtica
Quando é indicado o TAVI?

O TAVI é indicado para pacientes que tenham contraindicação ou
risco elevado para o tratamento cirúrgico convencional.
São necessários vários exames pré-operatórios para que o Heart Team
(Time do Coração) determine a estratégia a ser adotada e, recomenda-se, que o Médico Responsável pelo
procedimento seja capacitado para realizar o TAVI, com certificação emitida por uma das Sociedades de
Cardiologia do Brasil.

O Heart Team do ICT - Instituto do Coração do Triângulo é formado por Cardiologistas Clínicos
e Intervencionistas (Hemodinamicistas), Cirurgiões Cardiovasculares, Enfermeiros, Tomografistas, Anestesistas
e Ecocardiografistas. Nosso time é capacitado para realizar o TAVI e possui uma das equipes mais engajadas
do país para análise e suporte neste procedimento.

O que é o TAVI - Implante Percutâneo de Válvula Aórtica?
O TAVI - Implante Percutâneo de Válvula Aórtica é uma opção de
tratamento para pacientes com Estenose aórtica, uma doença
degenerativa que calcifica os folhetos das válvulas, dificultando sua
abertura. Assim, a estenose aórtica (obstrução da valva aórtica)
promove um bloqueio à saída de sangue do coração, fazendo com
que este tenha dificuldade em enviar o sangue para o corpo.
A obstrução se desenvolve de maneira lenta e progressiva, até o
comprometimento importante da função cardíaca, sendo frequente
em pacientes com idade avançada. O implante por cateter é realizado
em pacientes selecionados, após análise de diversos exames
pré-operatórios e promove a dilatação da válvula estenótica (obstruída),
passando a funcionar como a válvula cardíaca, fazendo com que o
sangue flua do coração sem resistência.
PRECISA DE MAIS
INFORMAÇÕES  SOBRE O TAVI ?
Envie sua dúvida!
Em até 24h retornaremos
o seu contato.
Como é realizado o TAVI ?

Por usar a técnica do Cateterismo, o TAVI  é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo,
realizado na sala de hemodinâmica (local especializado para este tipo de intervenção), mesmo sendo um tratamento
de alta complexidade. Geralmente é feito com anestesia geral, e em alguns casos apenas com sedação, através da
introdução de um cateter pela virilha, usado para guiar a prótese pela aorta e posicioná-la ao nível da válvula obstruída.
Dentre os médicos do Heart Team presentes na sala de Hemodinâmica, o Hemodinamicista, o
Cirurgião Cardíaco e o Ecocardiografista são profissionais fundamentais para execução do TAVI,
pois só através do Ecocardiograma 3D e da visão de Raio-X do local que o Cateter irá percorrer,

é possível levar a prótese ao local à ser tratado.

Abaixo, veja uma ilustração do Passo a Passo do TAVI.

Por quais vias de acesso o TAVI pode ser realizado?

A escolha da via de acesso para a realização do TAVI é sempre determinada pelo médico,
baseada na sua experiência pessoal, em particularidades do paciente e na situação clínica.

Como citado acima, a inserção do cateter na artéria é comumente feita pela virilha,
mas também pode ser iniciada pelo pescoço, por um espaço entre as costelas ou pelo acesso
transapical (próximo ao coração), até chegar ao mesmo.

A realização do TAVI através da virilha (acesso femoral),
tem sido cada vez mais realizada, por ser confortável para o paciente, reduzir o
tempo de internação e ter menos complicações.

Cuidados antes do TAVI

Muitos pacientes questionam os riscos da realização do TAVI, mesmo existindo vários estudos
científicos que comprovam a sua segurança, eficácia e os seus benefícios para uma melhora na
qualidade de vida dos portadores da Estenose Aórtica.

 

O TAVI é um procedimento seguro e este questionamento é comum em
procedimentos inovadores. Mas como em todo procedimento que utiliza como base a técnica do Cateterismo,
ele exige vários cuidados pré-operatórios para que seja bem-sucedido. É imprescindível que o
Heart Team faça uma análise das enfermidades prévias, medicamentos,
exames e sintomas atuais, para uma orientação completa antes do procedimento.

 Pacientes que fazem uso de anticoagulantes, portadores de diabetes ou pessoas que possuem antecedentes
de alergia ao contraste ou iodo, por exemplo, deverão relatar estas condições em consulta prévia com o médico,
como também na triagem realizada pela Enfermagem, antes da realização do
TAVI no intuito de realizarem um preparo prévio.
No ICT – Instituto do Coração, o paciente que necessita realizar um TAVI
recebe orientações desde o primeiro contato com a nossa equipe.

 

Cada caso é analisado de forma individual pelo Cirurgião Cardiovascular responsável pelo procedimento
e a Equipe de Enfermagem da Hemodinâmica acompanha de perto o paciente através do
Telemonitoramento por chamada de vídeo, realizando uma Triagem Digital.

 

Conheça nossa equipe médica, clique aqui.

 

Se identificado qualquer contraindicação, o procedimento poderá ser remarcado,
para ser realizado em melhores condições.

Veja algumas
recomendações
antes da realização
do TAVI

Os pacientes do TAVI geralmente internam 1 dia antes do procedimento para um preparo
       específico, a ser realizado pela equipe de Enfermagem especializada em
       TAVI. E é obrigatório a presença de um acompanhante.

 

O aumento da ingestão de líquidos por via oral alguns dias antes e após o procedimento
       é, em geral, aconselhado para a grande maioria dos pacientes, mas é aconselhado
       seguir a recomendação médica, pois em alguns casos pode ser necessário o
       processo inverno, com a redução de líquidos.

As orientações sobre os medicamentos que precisam ser suspensos dias antes do
        procedimento são passadas pela equipe de Enfermagem especializada em
       TAVI, com orientação específica do Heart Team.

Realizado por um Heart Team experiente, com equipe de Enfermagem capacitada e em um
Centro de Cardiologia credenciado para sua realização, o TAVI tem uma duração média
de 1 hora. Ao ser finalizado, o paciente é acordado ainda dentro da sala de hemodinâmica, é feita uma análise do resultado pelo médico e logo a seguir o paciente é encaminhado para observação na UCO – Unidade Coronariana do Hospital UMC, o qual temos estrutura arquitetônica vinculada.

Qual a duração
do TAVI?

Após o término do procedimento, o paciente do TAVI é direcionado para um período de observação, com duração média 6h, de acordo com a orientação do médico para o seu caso.

 

O paciente ficará internado para o período de observação e repouso na UCO – Unidade
Coronarian do Hospital UMC, o qual temos estrutura arquitetônica vinculada.


De forma geral, o período total de internação tem a duração média de até 3 dias,
mas esta duração pode variar para mais ou para menos, de acordo com a complexidade
do caso.

 

Ao receber alta e ser liberado para sua residência, é obrigatório que o paciente tenha o
acompanhamento de um familiar ou responsável, para receber todas as orientações
do Cirurgião Cardiovascular, através da Equipe de Enfermagem.

 

Um dos diferenciais do

ICT – Instituto do Coração,
é que o paciente continua recebendo
este acompanhamento individual da
equipe de Enfermagem durante
7 após o procedimento, através
do Telemonitoramento
por chamada de vídeo.

Como é o repouso
após o TAVI?

O TAVI é um procedimento de alta complexidade e por isso precisa de análise especial para uma possível cobertura do convênio.

 

Para o atendimento particular do TAVI, possuímos uma Central de Negociações. Com o pedido médico em mãos, você pode solicitar seu orçamento, agendar o procedimento pelo telefone ou marcar um atendimento presencial

Como fazer o agendamento do TAVI no ICT – Instituto do Coração?
PRECISA DE MAIS INFORMAÇÕES  SOBRE O TAVI?
Envie sua dúvida!
Em até 24h retornaremos o seu contato.
 

INÍCIO

QUEM SOMOS

ESPECIALIDADES

MÉDICAS

ENCONTRE O SEU MÉDICO

Rua Rafael Marino Neto, 600

Sala 03 - Jardim Karaiba Uberlândia/MG

(34) 3256 5900

Rua Rafael Marino Neto, 600 - Sala 03

Jardim Karaiba  - Uberlândia/MG

(34) 3256 5900